segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Amar-te!

No inicio, foi sereno, calmo e timido. O não saber do corpo um do outro o tornou doce e simples, e mesmo assim foi intenso, apaixonado, relaxante.
Agora a cada dia que passa, é um voo resplandecente de cada vez que entras em mim e me fazes tua e quero mais e mais...
Sabes meu amor...
Amar-te hoje, é magnifico!!!