terça-feira, 24 de março de 2009

Nós

E somos cumplices neste viver, em sintonia queremos sempre mais.
Queremo-nos ardentemente nesta angustia de querer.
Comunicamos como melhores amigos.
Fazemos amor, como namorados.
Fodemo-nos como amantes.
Este querer é tão intenso, tão nosso e nossas bocas se procuram, nossos corpos se encaixam num puzle perfeito.
Somos um só, neste prazer tão nosso.