sábado, 7 de março de 2009

Saudade

Percorrendo tua areia limpa e macia, me acalma e me agita os pensamentos. Tua imensidão me inebria os sentidos e o teu cheiro deixa em mim o perfume da paz.
Nessa agitada perfeição a tua voz me sussura e me faz sentir o quanto sou pequenina e só. Meus pensamentos navegam nas tuas ondas, e me fazem lembrar que quero o que não tenho e me sinto longe de tudo o que conquistei.
Olho o horizonte, sorrio, e as lágrimas correm pelo meu rosto.