segunda-feira, 20 de julho de 2009

Quase...


Mais um dia se aproxima. A espectativa, a ansiedade tomam conta de mim, não durmo, não penso em mais nada só na ideia que se instala e que não quer abandonar meu pensamento. Vais ser meu, vou ser tua...
Mais uma vez o tempo vai parar.
Mais uma vez vamos viver os momentos que roubamos á vida para nós, apenas para nós.
O prazer de nos tocarmos, de nos sentirmos. A emoção que cresce. O coração saltitante, o corpo euforico na ansia deste querer.
A pele já se arrepia só porque o meu pensamento voa pelo que vai acontecer, e de dentro das minhas entranhas já escorre o mel com que te delicias. Meu corpo já estremece e sente o calor das tuas mãos, o toque da tua lingua e o sabor agridoce do teu sexo que cresce na minha boca para assim saciarmos mais uma vez esta fome de nós.
Anseio pela tua lingua que me liberta e o meu corpo dá solavancos de prazer. Um prazer tão intenso, tão libertador que me solta e me faz voar.
Anseio pelo teu sexo rijo que penetra as minhas entranhas e ouço-te uivar pelo prazer que sentes em estar dentro de mim.
Estou aqui a sentir-te, a querer-te a desejar-te.
E o dia está quase a chegar...