quarta-feira, 12 de agosto de 2009

És Minha!!!


És minha!
A mim tu pertences!
Te abrigo ou castigo,
Te amo ou subjugo.

É a mim que te entregas.
É em mim que te esfregas.
Dou a ti meu prazer.
Tens em mim teu querer..Te domo e te tomo,
Te levo a loucura.
Te abato ou te bato,
Ou te trato em doçura.

De ti tiro mel
No teu corpo que sugo.
A ti dou meu mel
Teu alimento é meu sumo.

Te aparo e te amparo,
Te tomo e te taro.
Tens tudo de meu.
Sentidos mais raros!

De ti sou teu dono,
Entranhas e carnes.
Sou o ser que te consome.
É em mim que tu ardes

Se minha tu és,
Em contrapartida teu sou
Se estás aos meus pés
É aos teus pés que estou.

Marcos Woyames de Albuquerque